Seminário vai discutir formação de uma Frente de Esquerda nas eleições em Natal

PSTU defende unidade com PSOL, PCB e diversos movimentos sociais, em uma frente socialista e independente dos empresáriosNeste sábado, dia 10, será realizado um seminário político para discutir a formação de uma Frente de Esquerda nas eleições de 2012 em Natal. O encontro está marcado para as 13 horas, no IFRN da Av. Rio Branco, no Centro, e vai reunir PSTU, PSOL e PCB, além de diversos movimentos sociais, para debater um projeto socialista e independente das oligarquias para a capital potiguar.

A proposta do PSTU é formar uma Frente de Esquerda com um programa anticapitalista para governar Natal, com medidas que enfrentem os in¬teresses dos poderosos, fazendo com que a Prefeitura deixe de estar a serviço dos grandes empresários e passe a servir aos trabalhadores e à população pobre da cidade. “Para isso, defendemos uma frente sem financiamento de empresas e bancos ou aliança com partidos de direita, que só governam para os ricos e poderosos. Para ser uma alternativa socialista e de esquerda, a frente precisa ter compromisso apenas com os trabalhadores de Natal.”, disse a professora Amanda Gurgel, pré-candidata a vereadora pelo partido.

O PSTU também vai propor o nome do professor Dário Barbosa, pré-candidato a prefeito, para encabeçar a Frente de Esquerda. “Ninguém aguenta mais a prefeita Micarla e esses vereadores submissos. Os representantes dos partidos das oligarquias que sempre governaram Natal e o Estado já estão apresentando suas pré-candidaturas e se organizando por aí. São os Alves, Maia, Faria ou os apoiados por eles. Nunca resolveram a situação caótica de nossa cidade e de seus serviços públicos. Candidatam-se na tentativa de iludir os trabalhadores e a população mais pobre. A esquerda precisa apresentar uma resposta à altura. Natal não pode continuar como está.”, declarou Dário.