São Paulo: organizando a campanha nos bairros

Em São Paulo, a campanha dos candidatos do PSTU está crescendo e conquistando o apoio de muitos ativistas. É o caso de João Zafalão, diretor licenciado da Apeoesp (sindicato dos professores do estado) e candidato a deputado federal.

Na zona leste da capital, em São Miguel Paulista, a campanha de Zafalão já conquistou 150 apoiadores, na maioria professores da rede pública de ensino. A campanha tem feito várias reuniões com professores nas escolas, que reúnem entre 20 e 30 pessoas, panfletagens e atos de lançamento. “Fizemos boa reuniões nas escolas e visitamos muitas casas, sempre acompanhados por algum apoiador que mora na região”, conta Zafalão.

Lourdes Quadros, professora da zona sul da capital e candidata a deputada estadual, já organizou uma lista com 130 apoiadores. Como dirigente do Sindicato dos Profissionais em Educação no Ensino Municipal de São Paulo (Sinpeem), Lourdes é bastante reconhecida na categoria.

Sua campanha organiza palestras em escolas, reuniões com professores e panfletagens em feiras populares do bairro Jardim Míriam, mas também já chegou a algumas escolas da zona leste de São Paulo.

A candidata recorda que participou da mobilização da população por mais postos de saúde na região de Cidade Ademar, onde foi apresentada aos ativistas por um apoiador, e realizou uma reunião e panfletagem na favela Buraco do Sapo.
“Vários apoiadores da minha candidatura são professores e moradores da região, além de estudantes do grêmio. A gente se organiza fazendo reuniões nas casas dos apoiadores. Já fizemos encontros com cerca de 30 pessoas. Vamos fazer agora uma reunião com apoiadores na casa de um professor em Interlagos”, relata Lourdes.

Post author
Publication Date