São Paulo homenageia, em grande ato, a Revolução de Outubro

Cartaz de divulgação do evento
Reprodução

A cidade de São Paulo (SP) será palco, no próximo sábado, dia 1º, de um grande ato em homenagem à Revolução Russa. Além de intervenções artísticas, vão falar no evento quatro militantes e dirigentes do PSTU, que vão contar e refletir sobre a Revolução Russa: Valério Arcary, Ana Luiza Figueiredo, Ana Luiza Martins e Dirceu Travesso. O grande acontecimento que mudou o mundo em 1917 completou 90 anos no dia 25 de outubro passado.

Três temas organizarão as três saudações iniciais: a história da revolução, as mulheres e a juventude. Dirceu Travesso, que também é membro da Conlutas-SP, abrirá a atividade contando um pouco da história da revolução, seus principais fatos e o clima da Rússia nas vésperas e durante a derrubada do Governo Provisório pelo Partido Bolchevique.

Ana Luiza Figueiredo, servidora do judiciário federal, falará sobre as conquistas das mulheres na Revolução Russa. No início do século XX, um país que era atrasado, conseguiu eliminar de suas leis as discriminações às mulheres, dando-lhe direito ao divórcio, a creches, restaurantes e lavanderias públicas.

A juventude também cumpriu um papel importante na revolução, mas principalmente no período imediatamente posterior a ela, para garantir a manutenção do poder dos sovietes. Hoje, a juventude também protagoniza lutas importantes. Para falar sobre isso, estará presente a estudante Ana Luiza Martins.

A última e maior fala será do historiador Valério Arcary. O caráter da Revolução Russa, suas conquistas e sua importância nos dias de hoje serão explanados por Arcary. Nos últimos meses, ele percorreu o país fazendo palestras sobre os 90 anos da Revolução de Outubro e debatendo com ativistas, militantes do PSTU e de outras correntes.

Os organizadores garantem que será um ato emocionante. As pessoas que forem ao evento poderão, a partir das 18h, assistir a imagens da Rússia revolucionária. São cenas de documentários e filmes da época, como, por exemplo, do clássico Um homem com uma câmera, de Dziga Vertov. Durante a atividade, intercaladamente às falas dos oradores, poesias serão recitadas.

A Homenagem à Revolução Russa, organizada pelo PSTU da regional São Paulo, começa às 18h e acontece no Espaço Mier, na avenida Lins de Vasconcelos, 3.352, na Vila Mariana.