Reunião lança frente unitária contra reforma Sindical

Nesta terça, 22 de março, em São Paulo, uma reunião nacional, com cerca de 60 sindicalistas discutiu ações unificadas com o objetivo de barrar a PEC 369/2005, que trata da reforma Sindical. A reunião, que havia sido marcada durante o ato em Brasília, no dia 16, reuniu os principais setores do movimento sindical que estão contra a reforma, como a esquerda da CUT, a CGT, a CGTB, a Corrente Sindical Classista, o Fórum Sindical dos Trabalhadores e a Coordenação Nacional de Lutas (Conlutas).

Na reunião, os sindicalistas afirmaram a necessidade de construir uma agenda unificada que explique a reforma e que prepare um calendário de mobilizações para barrá-la. Após o debate, uma comissão foi formada para encaminhar as seguintes resoluções:

  • Rejeição da PEC 369/2005. Em defesa dos direitos trabalhistas;
  • Realizar atividades comuns nos estados e regiões;
  • Preparar um documento unificado das entidades que explique as reformas;
  • Realizar um ato em Brasília no dia 14 de Abril contra a PEC;
  • 1º de Maio unitário onde for possível,
  • Marcha à Brasília no segundo semestre.