PSTU vai denunciar na TV enganação da burguesia e traição do PT

“Agora é o PSTU, Oposição de Esquerda pra romper com a Alca, a dívida e o FMI”.Vamos mostrar na TV e no rádio que o desemprego, os baixos salários, os cortes de verbas para a saúde e a educação, o caos dos transportes públicos, o déficit habitacional e a falta de saneamento básico são resultado de um grande esforço fiscal para pagar a dívida pública e beneficiar banqueiros e empresários.

Denunciaremos a Lei de Responsabilidade Fiscal como uma lei imposta pelo FMI, que subordina o Orçamento dos municípios ao pagamento da dívida pública com o governo federal, bancos e empreiteiras, em detrimento dos serviços públicos, do atendimento às demandas sociais dos trabalhadores e do salário do funcionalismo. Sem romper com a Alca, a dívida e o FMI será impossível mudar o país e nossas cidades.

Nossa campanha de TV e rádio vai vincular os temas locais com a situação nacional. Vamos desmascarar a política econômica de Lula/FMI e suas reformas neoliberais como a Sindical, a Trabalhista e a Universitária.

Buscaremos utilizar a campanha eleitoral para divulgar a luta contra a entrega de nossas riquezas às multinacionais, a exemplo da 6a rodada de licitações das áreas de exploração e produção de petróleo em que o governo Lula pretende entregar metade de nossas reservas de petróleo.

Vamos denunciar a farsa da democracia dos ricos. A maioria absoluta dos partidos e candidatos nestas eleições vai prometer mundos e fundos, como sempre, quando seu verdadeiro compromisso é com o pagamento da dívida pública. Vamos trazer à tona a farsa do financiamento de campanhas milionárias por parte dos banqueiros, empresários e latifundiários, que compraram todos os partidos burgueses, e agora se vêem completamente satisfeitos com os serviços do PT e do PCdoB que também terão seus caixas eleitorais engordados por generosas doações.

Divulgaremos a luta dos trabalhadores em defesa do salário e do emprego. Diante da falência da CUT, faremos um chamado para a necessidade de uma nova central sindical combativa e independente dos governos e da burguesia. Também terão espaço em nosso programa as lutas das mulheres, dos negros e dos homossexuais contra a opressão. A juventude terá seu espaço para denunciar o sistema.

O PSTU será o partido da “Oposição de Esquerda” porque deixaremos explícita a traição de Lula e do PT ao lado de seus aliados de direita, como o PL e ditos de esquerda, como o PCdoB. Seremos o partido “Contra burguês” porque denunciaremos do mesmo modo a enganação dos partidos de direita que agora se dizem de oposição como o PSDB e o PFL, mas que sempre governaram esse país para os ricos.

Diremos em alto e bom som que as eleições não mudam nada e que só com a conquista do poder por parte da classe trabalhadora, por meio de uma revolução socialista, poderemos mudar nossas vidas.

Não percam os programas de TV e rádio do PSTU!

Post author Euclides de Agrela, de São Paulo (SP)
Publication Date