A participação do PSTU nas eleições municipais de 2020 foi marcada pela defesa de uma alternativa revolucionária e socialista em todo o país. Nossa intervenção não se deu com a ilusão de que, por meio das eleições, vamos mudar o país. Ao contrário, combatemos essa falsa ilusão, esse engodo que é o processo eleitoral. Reafirmamos que as mudanças necessárias para atender às necessidades mais sentidas do nosso povo só virão com um processo amplo de mobilização e organização.

Nossas candidaturas estiveram a serviço do fortalecimento e da organização da classe trabalhadora e do povo pobre dentro de cada fábrica, de cada escola, local de trabalho, comunidades e bairros. Foi assim a nossa campanha em São João del-Rei (MG). Isso permitiu que polemizássemos com os candidatos dos ricos, expondo um programa socialista e se apresentando aos trabalhadores como uma alternativa.

“Polarizamos na cidade em torno a um programa que defendia uma São João del-Rei para os trabalhadores. Fizemos uma campanha forte, muito bonita, que conseguiu envolver e contar com o apoio de vários dirigentes sindicais, de movimentos populares e de luta contra as opressões. O PSTU saiu das eleições como a referência de luta no campo da classe trabalhadora, a organização que tem um lado, os dos trabalhadores”, disse Janaine Ferreira, professora, lésbica e candidata a prefeita de São João del-Rei.

A campanha do PSTU chegou a fábricas, canteiros de obras, garagens de ônibus, bairros e distritos populares da cidade. Janaine chegou a pontuar 11% nas pesquisas de intenção de voto, ficando em segundo lugar. Isso garantiu uma maior cobertura da imprensa e participação nos debates na TV.

“A pesquisa ajudou na polarização, conseguimos ampliar a divulgação do nosso programa, ganhamos mais apoiadores, deu mais ânimo à campanha. Realizamos uma grande carreata com a participação dos nossos apoiadores. Um setor da burguesia ficou muito incomodado, aí começou um forte investimento de dinheiro nas candidaturas burguesas”, destacou Janaine.

Janaine obteve 1.822 votos (3,93% dos votos válidos). Para vereador, o metalúrgico Jordano obteve 588 votos, sendo o 17º candidato mais votado.

“Apresentamos um programa revolucionário, lutamos pelo voto nas candidaturas socialistas do PSTU, pois o voto em nossas candidaturas ajuda a fortalecer o processo de lutas e de organização da classe trabalhadora e do povo pobre. Não conseguimos eleger, pois é difícil superar as leis antidemocráticas e o poder econômico das candidaturas dos ricos. Mas sairemos com o partido fortalecido, maior e com mais referência aos trabalhadores”, pontuou Jordano.

 

SAI MAIOR

Um partido maior e fortalecido

O PSTU sai da campanha forte e maior. A regional de São João del-Rei dobrou o número de militantes. Já foram realizadas doze reuniões de apresentação do partido com os apoiadores que estiveram na campanha. Até o dia 10 de dezembro, dez reuniões estão agendadas.

“Desde março, quando lançamos nossas pré-candidaturas, começamos a envolver ativistas dos movimentos sociais e sindicais, não apenas para apresentar nossas candidaturas, mas para pedir o apoio. Esse apoio veio sustentado num debate programático. Isso foi muito importante”, ressaltou Jordano.

Essas reuniões, que passaram a ser virtuais devido à pandemia, foram ampliando-se chegando a diversas categorias. “Isso permitiu o envolvimento de metalúrgicos, operários têxteis, servidores públicos, rodoviários, professores, estudantes e ativistas LGBTs. Tivemos de nos adaptar às reuniões on-line e ao uso das redes sociais. Tivemos um salto nesse quesito, o que foi importante no decorrer da campanha”, informou Janaine.

Hoje, ativistas dessas categorias estão em reuniões com o partido, em processo de construção de uma relação orgânica com o PSTU. “Esse é o saldo maior da campanha, ver o fortalecimento e o crescimento do partido. Ver operários metalúrgicos e têxteis reunindo-se com a gente. Ativistas dos movimentos LGBTs que apoiaram nossa candidatura e fizeram campanha, inclusive foram fundamentais para nosso crescimento nas redes sociais, hoje se encontram em diálogo com o partido revolucionário. Mesma coisa acontece com servidores públicos, professores e estudantes da universidade federal. Isso nos orgulha muito”, disse Jaiane.

Jordano reforça: “Saímos maior e fortalecidos e também, com mais responsabilidade, pois saímos como a referência para a nossa classe. Ficamos à frente do PT. Os trabalhadores de São João del-Rei viram no PSTU, no nosso programa, a referência frente ao embate com a burguesia. Agora, é fortalecer o partido e ampliar a luta na cidade.”