PSTU faz ato de filiação em Porto Alegre

No último dia 30, um grande ato político marcou a filiação de Érico Corrêa ao PSTU e o lançamento de sua pré-candidatura a prefeitura de Porto Alegre. O ato foi convocado, de forma conjunta, pelo PSTU e pelo grupo Construção Socialista (CS), que reúne militantes que romperam com o PSOL em abril deste ano, entre eles o próprio Érico.
“Nós já atuamos juntos nas lutas daqui do estado e em muitos processos sindicais.
Agora, estaremos avançando, levando essa unidade também para as eleições”, afirma Rodrigo Claudio, do PSTU de Porto Alegre. “Poderemos oferecer uma alternativa aos trabalhadores nas eleições. Uma pré-candidatura socialista, sem aliança com partidos burgueses”, afirma.

,b>ORIGENS
O grupo Construção Socialista reúne militantes que fizeram parte do Alternativa Socialista (RS) e do Coletivo Marxista Revolucionário Paulo Romão (RJ). Após conferência conjunta, em abril, romperam com o PSOL e lançaram carta pública, assinada por 37 militantes, a maior parte educadores. Na carta, criticam os acordos de cúpula, falta do trabalho de base e “táticas desastrosas” do PSOL, como a relação com o PV e as doações de empresas. O grupo afirma que não aceita mais que militantes se eduquem em um partido que “resume a questão do poder a eleger parlamentares e disputar por dentro da democracia burguesa”. Também criticam a falta de uma política do PSOL para construir uma entidade sindical e tentativas de enfraquecer a CSP-Conlutas.

Post author
Publication Date