Programa dos trabalhadores para a crise

Nosso programa é composto por exigências ao governo Lula em relação às demissões (decreto por estabilidade no emprego, redução da jornada de trabalho) e à reestatização das empresas privatizadas (Embraer, Vale e CSN), e por denúncias de sua política concreta de apoio às empresas, chamando os trabalhadores a não depositar nenhuma confiança no governo.

– Nem demissões nem redução de salários e direitos. Exigimos do governo estabilidade no emprego já!
– Reajustes salariais já! Unificar as campanhas salariais!
– Redução da jornada de trabalho para 36h, sem redução de salários e direitos
– Readmissão dos demitidos e reestatização da Embraer, Vale e CSN, sob controle dos trabalhadores
– Petrobras 100% estatal! Todo o petróleo tem que ser nosso!
– Que os capitalistas paguem pela crise!
– Nenhum dinheiro para as empresas!
– Ruptura imediata do governo com o FMI!
– Estatização sem indenização dos bancos, que devem passar ao controle dos trabalhadores
– Controle dos capitais, impedindo o envio dos lucros das multinacionais ao exterior e a fuga dos investimentos
– Expropriação e estatização das empresas que demitirem, que devem passar ao controle dos trabalhadores
– Não pagamento das dívidas externa e interna aos banqueiros
– Plano de obras públicas para absorver os desempregados, financiado com o não pagamento das dívidas
– Não à reforma trabalhista!
– Fora Sarney! Abaixo o Senado! Por uma câmara parlamentar única, com mandatos revogáveis!
– Prisão e confisco dos bens de corruptos e corruptores! Fim do sigilo bancário dos políticos e dirigentes de empresas!
– Fora as tropas brasileiras do Haiti!
– Nenhuma confiança no governo Lula!
– Lula governa para as multinacionais e os bancos. Precisamos de um governo socialista dos trabalhadores!

Post author
Publication Date