Prefeito de Itapecerica descumpre acordo

No dia 18, os sem-teto do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) deixaram o acampamento João Cândido, em Itapecerica da Serra (SP), cumprindo uma ordem judicial que previa a desocupação da área. Os trabalhadores deixaram o acampamento mediante um acordo com os governos federal, estadual e com a prefeitura da cidade. O acordo previa a construção de moradias para todos os acampados.

O prefeito da cidade, Jorge José da Costa (PMDB), havia pessoalmente se comprometido com o acordo. A prefeitura previa um local provisório para parte das famílias acampadas, até a construção das moradias. As famílias que puderam foram para casas de amigos e parentes, o resto ficaria acomodado num terreno provisório.

No entanto, enquanto as 350 famílias de sem-teto que não tinham para onde ir caminhavam em direção à área cedida pela prefeitura, no Jardim Calu, foram informadas de que o prefeito havia recuado da negociação. A justificativa do prefeito foi que supostamente os sem-tetos não contavam com o apoio da comunidade. Porém, o próprio secretário de segurança da cidade havia se reunido com lideranças comunitárias da região a fim de jogar a população contra eles.

A pressão do movimento impediu a manobra do prefeito e garantiu o cumprimento do acordo. O MTST pede agora a solidariedade de todos para a construção e manutenção do acampamento. Os acampados sofrem com o frio, e a falta de alimentos e materiais para a construção dos barracos. As doações podem ser entregues na sede nacional da Conlutas, na praça Pe. Manoel da Nóbrega, 36, 6º andar, na centro de São Paulo.

Post author Da redação
Publication Date