Participe do encontro de lutadores contra Trump e os governos neoliberais

Logo após o Congresso da CSP-Conlutas, nos dias 16 e 17 de outubro, em São Paulo, acontecerá o 1° Encontro da Rede Sindical Internacional de Solidariedade e Luta das Américas. Esse encontro é parte fundamental para o desenvolvimento da Rede em nosso continente.

O encontro ocorrerá numa conjuntura internacional que exige cada vez mais uma maior organização e coordenação das lutas contra os ataques neoliberais em nosso continente. Com o aprofundamento da crise financeira mundial e seguindo a cartilha neoliberal, patrões e governos aplicam planos de ajuste e reformas para aumentar ainda mais a expoliação da classe trabalhadora.

Do Canadá à Argentina, os trabalhadores resistem à retirada de direitos, privatizações, repressão e opressão. São desde reformas estruturais, como a educacional no Peru e no México; trabalhista nos EUA e Brasil; tratados de livre-comércio como o NAFTA e as privatizações que avançam cada vez mais. A situação dramática na Venezuela também concentra as atenções hoje no continente. Todo esse plano serve para garantir que patrões aumentem seus lucros com aumento da exploração e governantes enriqueçam com a corrupção, entregando as riquezas dos países para o capital internacional por meio das Dívidas Externas e das remessas de lucros pelas multinacionais às suas matrizes.

Os que resistem a tudo isso são submetidos à repressão, prisões e até mortes. É absurdo o quanto a repressão avançou em nosso continente. Desde demissões e prisões de sindicalistas até conflitos armados e mortes de ativistas que lutam pelo direito à terra e moradia, como os indígenas, quilombolas , sem teto e trabalhadores rurais.

A luta contra a opressão machista, LGBTfóbica e racista também ganhou ainda mais dimensão a partir das grandes demonstrações de resistência que assistimos em nosso continente. As grandes manifestações de mulheres nos EUA e Argentina empolgaram e se espalharam em nível mundial. Também ganhou destaque a luta contra o racismo nos EUA e a necessidade da solidariedade internacional contra toda forma de opressão e discriminação, com destaque à luta contra a xenofobia e em defesa dos imigrantes, que são hoje os principais alvos do governo racista de Donald Trump.

Todos esses fatos em nosso continente são parte de um ataque global do imperialismo não só americano, mas também europeu para salvar as empresas e bancos. A nossa única alternativa é a resistência e a luta direta dos trabalhadores e da juventude.

Por tudo isso, o 1° Encontro da Rede Sindical Internacional de Solidariedade e Luta das Américas cumpre um importante papel na organização dos lutadores na solidariedade internacional, como também na organização de campanhas em defesa dos direitos e da luta contra Trump e os governos em nosso continente.

A CSP-Conlutas, seus sindicatos e movimentos sociais são parte fundamental desta luta internacional contra o capitalismo. Portanto, você militante e ativista brasileiro é bem-vindo ao encontro que irá ocorrer em São Paulo, nos dias 16 e 17, no hotel San Raphael.

É hora de construir a unidade internacional dos trabalhadores e a juventude contra Trump, os governos neoliberais e seus ataques! Junte-se a essa luta internacional! Participe do 1° Encontro da Rede Sindical Internacional de Solidariedade e Luta.

Para mais informações acesse o site da Rede Sindical Internacional ou entre em contato por email via – secretaria@cspconlutas.org.br ou pelo telefone 011 3107-7984 (Telma).

Herbert Claros faz parte do Setorial Internacional CSP-Conlutas e é militante metalúrgico do PSTU em São José dos Campos