Participe de uma campanha eleitoral diferente

Durante a campanha eleitoral, é comum vermos jovens desempregados ganhando uns trocados para ficar nas ruas horas a fio, distribuindo santinhos e segurando bandeiras. Sequer sabem quem é o candidato, se é mensaleiro, sanguessuga ou se votou contra os trabalhadores.

Também é comum assistirmos à distribuição de brindes com os nomes e números dos candidatos: camisetas, canetas, chaveiro, etc. As promessas vão de rua asfaltada, vaga em escola, dentadura, até cesta básica, tudo em troca de votos. Partidos como PSDB, PFL e, infelizmente, também o PT, se utilizam da miséria da população para enganá-la. Instituem o vale-tudo para se eleger, cuja expressão mais nefasta é a compra dos votos em troca da Bolsa Família.

Rios de dinheiro correm nas campanhas. Dinheiro que vem da corrupção e de doações de empresários, que depois conseguem tudo dos eleitos.

O PSTU defende e pratica outro tipo de campanha eleitoral, totalmente diferente dos partidos burgueses e do PT. Nosso centro está nas lutas diretas dos trabalhadores e da juventude. Para nós, as eleições e o mandato parlamentar devem ser pontos de apoio dessas lutas. Como agora, com a batalha que estamos travando contra o ataque de Israel e Bush ao Líbano, ou contra as reformas que tiram direitos, ou contra demissões de trabalhadores, como na Volks.

Nossa campanha é sustentada financeiramente pela militância, filiados, simpatizantes, pelos ativistas do movimento, amigos, familiares e colegas de trabalho.

Hoje, com a Frente de Esquerda, apoiamos Heloísa Helena para presidente. Estamos nesta eleição disputando a consciência de milhares de trabalhadores para um programa socialista e de ruptura. Uma grande votação em Heloísa e a eleição de deputados socialistas e de luta do PSTU seriam um golpe importante nos dois blocos dominantes, PSDB-PFL e PT, e fortaleceriam a luta dos trabalhadores contra os ataques que estão por vir no próximo governo.

Queremos enfrentar este desafio, comprar esta briga. Por isso devemos jogar com força, mesmo que o campo seja da burguesia. Se todos os que vão votar na Frente de Esquerda ajudarem, podemos ter uma campanha forte.

Temos que convocar todos a votar em Heloísa dizendo: “nem Lula, nem Alckmin!” Temos que convocar todos a não eleger mensaleiros, nem sanguessugas, e eleger parlamentares socialistas e de luta! Vamos eleger parlamentares revolucionários, eleger deputados do PSTU!

O PSTU convida todas e todas a arregaçar as mangas e ter uma participação ativa em nossa campanha eleitoral.

Algumas formas de participar
Qualquer pessoa pode ajudar na campanha. As formas são as mais variadas. Cada um deve ajudar de acordo com suas possibilidades, fazendo o que sabe e o que gosta. Já temos alguns exemplos de atividades que já estão sendo feitas por apoiadores:

– Organizar um almoço ou um café com seus vizinhos, familiares e amigos para apresentar os candidatos, ou levar panfletos ao seu local de trabalho ou estudo e discutir o apoio aos nossos candidatos;
– Organizar um debate ou apresentação do programa com o candidato na sua escola, universidade, sindicato ou bairro;
– Montar comitês de campanha. Esta é uma forma mais permanente e organizada de fazer a campanha, discutindo e preparando atividades;
– Participar das atividades de campanha programadas, como festas, churrascos, debates, bate-papos e palestras;
– Outra forma muito simples e importante de divulgar nossas candidaturas é colocando uma faixa ou cartaz com nome e número dos candidatos em sua casa ou mesmo um adesivo em seu carro;
– Divulgar nossas atividades e materiais em suas listas na internet, blogs e sites pessoais;
– Dar apoio financeiro e ajudar a arrecadar finanças para a campanha:

Preencha o cadastro de nossa rede de apoiadores e engaje-se na campanha. Mais informações podem ser obtidas com o militante que lhe vendeu este jornal, ou em nossas sedes.

Nas próximas edições, discutiremos outros temas relativos à campanha do PSTU. Nosso jornal estará aberto, assim como nosso portal, para divulgar e publicar relatos e experiências vividas pelos apoiadores que estão participando da campanha. Escrevam!

Café com os candidatos
Um exemplo de como ajudar na campanha

Pedro Valadares,
de Belo Horizonte (MG)

A atividade foi na casa de Pedro, professor, em Lagoa Santa, cidade da região metropolitana de Belo Horizonte. Foi um café com a vizinhança para discutir nossas candidaturas. Compareceram 15 pessoas, além de Vanessa Portugal, candidata do PSTU ao governo de Minas, e Cacau, candidato do PSTU a deputado federal.

Entre os presentes estavam dois operários da construção civil, um engenheiro, uma funcionária da Cemig, um professor estadual, uma fisioterapeuta, duas donas-de-casa, um bombeiro, uma funcionária da saúde de Belo Horizonte, um funcionário municipal e um comerciante.

Com exceção de um convidado que saiu mais cedo, todos dispuseram-se a ajudar na campanha de alguma forma. A maioria concordou em apresentar uma lista de apoiadores que cada um se dispõe a conseguir, com parentes e vizinhos e no local de trabalho.
Alguns têm parentes em outras cidades, onde vão buscar apoiadores. Dois dispuseram-se a participar de um pré-núcleo do PSTU. Outros vão seguir discutindo e comprando regularmente o Opinião.

Post author Cilene Gadelha, da Direção Nacional do PSTU
Publication Date