O PSDB e a conhecida `ética` tucana

Na última semana, circularam pela Internet diversas fotos do atual candidato ao governo de São Paulo e ex-ministro da Saúde, José Serra (PSDB), feliz e sorridente entregando ambulâncias a políticos comprovadamente envolvidos no superfaturamento de licitações para a compra dos veículos. As imagens foram divulgadas pelo jornalista Fernando Rodrigues, da Folha de S. Paulo.

De acordo com reportagem publicada pela revista Carta Capital, das 591 prefeituras investigadas por superfaturamento na compra de ambulâncias, 128 são comandadas por tucanos. O PFL, partido coligado com o PSDB para as eleições presidenciais, comanda nada menos que 107 prefeituras acusadas de envolvimento no desvio.

O envolvimento de Serra no escândalo relembra que o PSDB é tão corrupto quanto seus pares atualmente no poder. As privatizações de FHC, a compra dos deputados para votar a emenda da reeleição, o Proer que enviou dinheiro público para salvar bancos privados e uma longa lista de escândalos foram os antecessores do mensalão.

Geraldo Alckmin não escapa das denúncias de corrupção. Em seu governo no estado de São Paulo, operou um esquema semelhante ao de Marcos Valério com empresas de publicidade sob controle do PSDB. Por trás do rosto insosso de moço religioso, Alckmin esconde o mesmíssimo perfil corrupto do restante de seus correligionários.
Post author
Publication Date