Nova cara, velha dominação

Um aspecto que explica o grande número de candidatas com chances reais de se elegerem nestas eleições é o profundo desgaste da democracia dos ricos.
Um desgaste que se reflete na descrença generalizada das pessoas nos partidos e nos políticos profissionais. Os sucessivos escândalos de corrupção criaram uma imagem dos parlamentares para o povo: corruptos e oportunistas.

O desgaste da democracia burguesa aponta a necessidade de reciclar sua imagem. A corrupção generalizada que toma as instituições geralmente está associada a políticos homens.

Por isso, é preciso apresentar novidades na disputa eleitoral através de candidaturas de mulheres para renovar a política brasileira.
Com uma nova cara, mas com a mesma velha política, os corruptos são substituídos por mulheres vistas com mais confiança pela população.

Muitas vezes, a eleição de uma candidata provoca ilusões na população, especialmente entre as mulheres, que se sentem mais representadas ao ver uma mulher no poder.

Post author Da redação
Publication Date