Nota

PÉROLA
“Temos que dar graças a Deus que o pobre está comendo mais”

LULA, se esquecendo que o Brasil possui quase 40 milhões de famintos. Além disso, o presidente pretendia livrar a cara do agronegócio, responsável pela inflação dos alimentos.

HOMOFOBIA – De acordo com levantamento realizado pelo Grupo Gay da Bahia, 122 homossexuais foram mortos no ano passado no país, um crescimento de 30% em relação a 2006.

PRIVILÉGIO – A Câmara dos Deputados vai reajustar a verba de gabinete, de R$ 50,8 mil mensais, usada pelos parlamentares. Hoje, a casa gasta R$ 338,7 milhões por ano com essa verba.

FORA DO ‘FORA
A revista IstoÉ da semana passada manipulou uma foto para proteger o governador de São Paulo, José Serra (PSaDB). A publicação simplesmente apagou a inscrição ‘’Fora Serra’’ de uma foto feita durante um protesto do MST e do MAB contra a privatização da Cesp. Com a manipulação, o resultado visual inverte o significado real da imagem que traz uma placa de trânsito ‘’Pare’’, como se quem devessem parar fossem os movimentos, e não as privatizações.

SOCIEDADE
O governo pretende dar mais uma ajuda ao agronegócio. O Banco do Brasil planeja participar do capital de empresas do setor, afirmou diretor de agronegócio do banco. O interesse do banco é se associar aos grandes produtores que pretendem criar empresas, sobretudo no Mato Grosso (MT). Entre os grupos visados pelo BB, destaca-se o grupo Vanguarda, dono de 220 mil hectares de terra e 180 mil cabeças de gado no Estado do Mato Grosso. Em 2007, o banco emprestou cerca de R$ 7 bilhões para 13 grupos econômicos. Dentre eles, destacam-se Cargill, Bunge, Votorantim, Vale, Aracruz Celulose, Bayer e Souza Cruz.

SIND-JUSTIÇA
Entre os dias 10 e 13 de abril aconteceu o II Congresso Estadual do Sindicato dos Serventuários da Justiça Estadual do Rio de Janeiro (SIND-JUSTIÇA-RJ). A principal discussão nos quatro dias de congresso foi a concepção sindical. O congresso aprovou por ampla maioria dos votos a filiação do sindicato à Conlutas, o SIND-JUSTIÇA já apoiava a construção da nova entidade desde 2004.
Foi aprovado também um chamado à unificação da Conlutas e da Intersindical, com apoio a sua construção. Também foram aprovados o fim do presidencialismo, com a adoção do modelo de diretoria colegiada e a redução do mandato da próxima diretoria para dois anos, com um limite de reeleição de dois mandatos para seus diretores. A plenária aprovou moções internacionalistas, tais como: de solidariedade ao povo do Haiti, de apoio à greve de Sidor e pela readmissão de Orlando Chirino, sindicalista venezuelano demitido recentemente pelo governo Chávez.

GREVE DO PEÃO EM FORTALEZA
No dia 10 de abril ocorreu uma das maiores assembléias operárias do Ceará. Faltou espaço para os quase dois mil operários da construção civil que se foram ao sindicato para uma das mais combativas assembléias dos últimos anos. O crescimento econômico do país se reverteu em inúmeros canteiros de obras na cidade, no aumento da exploração dos trabalhadores e em lucros exorbitantes aos empresários, que se negam a pagar salários dignos. A assembléia votou pela greve a partir do dia 22. Chamamos todos os sindicatos e lutadores do país a enviar moções de solidariedade à greve do peão pelo e-mail
[email protected]

Post author
Publication Date