Nota Pública do PSTU

Tomamos conhecimento que um dirigente de nossa organização na cidade de Jacareí, Sirley Gonçalves, fez um acordo com os donos da fábrica onde trabalhava e recebeu milhares de reais para vender seu mandado sindical e abandonar a luta da classe trabalhadora, contra a vontade e a orientação do nosso partido

Nós, da Direção Nacional, Estadual (São Paulo) e Regional (Vale do Paraíba), além da Direção Municipal de Jacareí do PSTU, repudiamos e rechaçamos publicamente tal atitude desse ex-companheiro, que consideramos absolutamente injustificável. Por isso, afastamos o ex-dirigente Sirley Gonçalves de todos os organismos do partido. Afastado de nossas fileiras, com ele não temos mais nenhum tipo de relação política.

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado, em meio a esse mar de lama que envolve o conjunto do movimento sindical neste Brasil dos “mensalões”, onde ex-dirigentes do movimento sindical e popular, além de dirigentes de partidos da classe trabalhadora, estão envolvidos em vergonhosos escândalos de corrupção, reafirma que não compactua com nenhum tipo de negociata que envolva os direitos dos trabalhadores.

Muitas organizações políticas e sindicais consideram “normal” a venda de mandados e acordos indenizatórios privilegiados para seus dirigentes. Nós, do PSTU, ao contrário, não aceitamos em nossas fileiras os que aceitam se vender para a patronal e abandonar a luta da classe trabalhadora. Consideramos que essa prática é incompatível com a moral e a política de nossa organização.

Não se construirá uma sociedade socialista se não construirmos uma organização política totalmente independe dos patrões e do governo. Nossa luta continua revigorada pela disposição e pela moral dos que permanecem acreditando na perspectiva de profundas mudanças sociais em nosso país e a fé em uma sociedade socialista.

ERRATA: Na edição impressa 246 do Opinião Socialista, ocorreu um grave erro. Ao se referir ao ex-militante Sirley Gonçalves, foi adotado diversas vezes o artigo feminino. Lamentamos o infeliz erro de revisão, que nada tem a ver com o episódio do afastamento do companheiro.

Post author
Publication Date