Nesta segunda, São Paulo terá ato em solidariedade ao povo de Oaxaca

Cartaz do ato em São Paulo
Reprodução

No dia 20 de novembro, segunda-feira, haverá atos em solidariedade à luta do povo de Oaxaca em várias cidades do mundo. Em São Paulo, o protesto de solidariedade será às 14h, na Avenida Paulista. A concentração será em frente ao prédio da Gazeta, na Av. Paulista, entre as estações do metrô Brigadeiro e Trianon-Masp.

O conflito em Oaxaca se iniciou quando o sindicato de professores (Seção 22 da CNTE) iniciou uma greve e seu tradicional “acampamento” anual no Zócalo, reclamando reajustes salariais e aumento do orçamento da educação ao governador Ulises Ruiz Ortiz, do PRI (Partido Revolucionário Institucional). Em 14 de junho, o governo de Ulises tentou desalojar violentamente o acampamento com a polícia estadual e bandos armados. Em resposta, milhares de trabalhadores, camponeses, estudantes e população dos bairros pobres da cidade se solidarizaram com os professores e se produziu um massivo levantamento popular que derrotou a tentativa de desalojamento.

A população vem resistindo bravamente à repressão do governo e a mobilização cresce. No dia 5 de novembro, uma marcha reuniu um milhão de pessoas na cidade. O ato de São Paulo está sendo convocado pelo Comitê de Solidariedade ao Povo de Oaxaca.