Mulheres Lésbicas da PUC-SP apresentam ‘O outro lado de Hollywood’

Recomendo veementemente que quem puder vá assistir O outro lado de Hollywood, filme que o coletivo Mulheres Lésbicas da PUC e o Grupo de Trabalho GLBT da Conlutas estão divulgando. É nesta quinta, 30 de abril, às 19h, no Centro Acadêmico de Ciências Sociais (CACS) da PUC.

Sou daqueles que não se cansam de ver e rever este filme. É um excelente documentário, recheado de cenas captadas até mesmo nos mais insuspeitos filmes – desde a primeira imagem de um casal de homens dançando, num filme de Thomas Edison, no final do século XIX – e depoimentos de gente relacionada ao mundo do cinema, GLBT ou não.

Enfim, é um filmaço. Tanto do ponto de vista de resgate da História do Cinema, a partir de uma olhar gay/lésbico ultra-afiado e sensível, além de cheio de bom humor, quanto como ponto de partida para uma excelente reflexão sobre como a homofobia é uma praga que, literalmente, contamina todas as esferas da produção humana. Há muito tempo e das formas mais absurdas.

O filme é baseado (e bastante fiel no que se refere à estrutura e a concepções) no livro de Victor Russo, uma das principais referências no estudo sobre a representação da homossexualidade no cinema.

E, acima de tudo, deve ser bem interessante ver o debate que vai surgir numa atividade organizada por Mulheres Lésbicas engajadas na luta pra mudar esta história e o mundo que cria e incentiva a homofobia.

Enfim, atividade imperdível para quem estiver mosqueando na véspera do feriado e afim de se aquecer para o 1º de Maio.

FICHA TÉCNICA:
Titulo Original: The Celluloid Closet
Gênero: Documentário
Duração: 102min
Ano: 1996 (EUA)
Direção: Rob Epstein
Entrevistas com: Antonio Bandeiras, Sharon Stone, Tom Hanks, Susan Sarandon, Shirley MacLaine, Tony Curtis, Whoopi Goldberg

Assista ao trailer (em inglês)