Metrô de São Paulo pode parar

Nesta quarta-feira, 25 de abril, às 18h, os metroviários de São Paulo farão assembléia para decidir as ações da categoria contra as demissões e ameaças aos diretores do sindicato. Cinco sindicalistas foram despedidos após participarem de greve, na segunda-feira, contra a Emenda 3 e pelo direito de greve.

A assembléia poderá decidir por uma greve de emergência pela readmissão imediata dos sindicalistas.

SAIBA MAIS: