Metalúrgicos de São José participam de semana de protestos contra a reforma Sindical

Assembléias, atraso nas entradas de turno e muita mobilização. Essa é a semana de protesto contra a reforma Sindical que está sendo realizada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos (SP).

Na terça, os trabalhadores da General Motors pararam a produção por 4 horas (2 em cada turno) como forma de protesto. Em fábricas de Jacareí também houve assembléias com atraso de turno.

Trabalhadores das fábricas Parker Hannifin e na Volex, em Jacareí e na Bundy, em São José dos Campos realizaram assembléia nesta quarta-feira e também votaram em peso contra a reforma.

Na quinta-feira, os metalúrgicos farão assembléia na Embraer e haverá atividade na DRT (Delegacia Regional do Trabalho), com a participação de diversas entidades.

A semana será fechada com uma grande passeata dos trabalhadores das pequenas empresas, no bairro Chácaras Reunidas.

FONTE: Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos