Estudantes de Natal enfrentam repressão e marcam novo ato contra aumento das passagens

Depois de serem espancados e presos na BR-101, movimento estudantil marca ato para o dia 27 de julhoNo dia 27 de maio, a tarifa dos ônibus de Natal (RN) subiu de R$ 1,45 para R$ 1,60. Assim, a passagem na cidade já é a mais cara do Nordeste e a segunda mais alta do país, levando-se em conta o tamanho da cidade. A prefeitura de Carlos Eduardo (PSB) e a máfia dos empresários impuseram mais um duro golpe aos estudantes e a população, que já sofrem com o péssimo serviço prestado pelas empresas de transportes coletivos.

O movimento estudantil de luta, em oposição a isso, vem dando respostas para derrubar o aumento da passagem. Desde o dia 5 de abril, quando foi convocado um ato pela Conlute, que os estudantes se mobilizam contra o aumento da passagem e pelo passe-livre. A juventude de Natal não se abala com os ataques do governo e dos empresários, inclusive com uma liminar da justiça federal que proíbe manifestações na rodovia BR-101, em um ataque ao direito de livre manifestação.

O último ato, no dia 2 de junho na marginal da BR, foi duramente reprimido pela polícia federal e pela tropa de choque da polícia militar, com agressões físicas e a prisão de 15 estudantes. A ânsia de repressão era tão grande que policiais chegaram até mesmo a invadir os shoppings próximos e o transporte circular para prender os estudantes que ali se manifestavam.

Segundo Ákysa Kyvia, militante do PSTU e do grêmio do Instituto Padre Miguelinho que faz parte da Conlute, “o movimento está demonstrando que só com a mobilização dos estudantes e o com a classe trabalhadora conseguiremos derrotar o aumento e conquistar o passe-livre”.

Agora a Conlute está nas escolas, promovendo debates e palestras e organizando com a Conlutas um grande ato para o dia 27 de julho, após o recesso das escolas. A manifestação será contra a criminalização dos movimentos sociais, contra o aumento da passagem, pelo passe-livre e contra a violência nos transportes urbanos de Natal.