Encontro no Vale do Paraíba reúne 260 ativistas

No dia 3 de dezembro ocorreu o I Encontro Regional da Conlutas no Vale do Paraíba e região, superando as mais otimistas expectativas.

Entre as entidades participantes estavam o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e região, o Sindicato dos Metalúrgicos, dos Químicos e da Alimentação, a Associação Democrática dos Metalúrgicos Aposentados (ADMAP), a ocupação Pinheirinho, a Associação das Mulheres Organizadas na Rua (AMOR), entre outras.

Durante o Encontro, os participantes se dividiram em grupos, nos quais discutiram a Carta de Minas, elaborada e aprovada pela Federação Democrática dos Metalúrgicos de Minas Gerais, e um documento elaborado pelos companheiros Donizete, do Sindicato dos Metalúrgicos, e Joaquim, do Sindicato dos Trabalhadores na Alimentação e Cabral (Admap), com um plano regional de lutas.

Depois de consultado, o plenário aprovou os documentos por ampla maioria. O plano de lutas do documento foi aprovado com pequenas propostas aditivas, que serão sistematizadas e encaminhadas à Coordenação Nacional. O plenário também debateu algumas polêmicas que surgiram e decidiu encaminhar as posições da maioria e da minoria, junto com suas respectivas propostas, para a Coordenação Nacional.

Também foi aprovada a participação das entidades no Conat e, em seguida, foram explicados os termos para tirar de delegados em cada setor. “O Encontro foi uma grande vitória. Mostrou que existe um processo de reorganização muito forte na região e que a maioria das organizações e entidades está com a Conlutas”, disse Luiz Carlos Prates, o Mancha, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos.

Post author Douglas Dias, de
Publication Date