Eleições confirmam crescimento do PT e da base aliada de Lula

Na esteira desse verdadeiro estelionato eleitoral e se beneficiando da atual popularidade de Lula, o PT cresceu significativamente nas eleições de 2008. Nas 79 cidades brasileiras com mais de 200 mil eleitores, o partido do presidente da República venceu em 13 já no primeiro turno e vai para o segundo turno em mais 15, podendo chegar à prefeitura de 28 grandes cidades do país.

Com esse resultado, o PT, em 2008, deve ampliar sua atual vantagem, conquistada nas eleições de 2004, sobre o PMDB e o PSDB nas prefeituras das grandes cidades brasileiras. Nas eleições passadas, o PT conquistou 17 prefeituras, o PSDB, 15 e o PMDB, 14. Agora, essa vantagem deve se ampliar ainda mais, já que no primeiro turno o PT já conquistou 13 (podendo chegar a 28, a depender dos resultados do segundo turno), o PMDB e o PSDB nove cada um (podendo chegar, no máximo, a 19 cada).

O PMDB também se beneficiou com as eleições de 2008, chegando a prefeituras de 1.194 cidades brasileiras, 140 a mais do que em 2004. O PT chega à prefeitura de 550 cidades, mas manteve praticamente o número de votos obtidos em 2004, cresceu apenas 1%.

A oposição burguesa de conjunto perdeu em números de prefeituras se compararmos as eleições de 2004. PSDB, DEM e PPS diminuíram o número de prefeituras nos resultados do primeiro turno.

E o segundo turno nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro pode significar uma limitação importante para a vitória do governo federal nestas eleições e fortalecer o atual governador de São Paulo, o tucano José Serra, eventual candidato da oposição burguesa à Presidência da República em 2010.

Post author
Publication Date