Congresso do Andes aprova filiação à Conlutas

O 26º Congresso do Andes-SN (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior), realizado em Campina Grande (PB), aprovou a filiação da entidade à Coordenação Nacional de Lutas (Conlutas). Foram 188 votos favoráveis à filiação, 75 votos contrários e 32 abstenções.

A filiação à Conlutas já vinha sendo discutida nas bases do movimento sindical docente desde a aprovação da desfiliação à CUT, durante o 25º Congresso do Andes-SN, em 2006. O presidente do sindicato, Paulo Rizzo, afirmou que a decisão do congresso é histórica e que será extremamente importante para os professores, pois os “fortalecerá na tentativa de barrar as contra-reformas do governo Lula”.

José Vitório Zago, 1º Tesoureiro do Andes-SN, destacou que a filiação à Conlutas foi uma decisão por ampla maioria de votos. “Na verdade, essa decisão só formalizará a relação que mantemos com a Conlutas desde a sua fundação. A partir de agora, temos a tarefa de enraizar a Conlutas nas bases do sindicato. Participaremos das ações que a Conlutas organiza com outros setores contra o PAC (Plano de Aceleração do Crescimento), contra a supressão do direito de greve por parte dos servidores federais e o restante dos trabalhadores, contra a reforma universitária, da Previdência, sindical e trabalhista e em defesa dos direitos dos trabalhadores ameaçados pelo governo Lula, pela Central Única dos Trabalhadores e Força Sindical”, disse Zago.

*com informações do site do Andes
Post author da redação*
Publication Date