Com o apoio da Conlutas, é lançada a Oposição Metalúrgica de Niterói

Nos dias 10 e 11 de outubro, foi lançada, com atos na porta dos principais estaleiros de Niterói (RJ), a Oposição Metalúrgica. O movimento é contrário à atual diretoria cutista do Sindicato dos Metalúrgicos de Niterói e Itaboraí, ligada ao PT.
Com o apoio da militância da Coordenação Nacional de Lutas (Conlutas) e da Coordenação Nacional de Luta dos Estudantes (Conlute) e com a presença de vários ativistas da categoria, foi distribuído o primeiro jornal da oposição, que disputará as próximas eleições do sindicato, prevista para o início de 2008.
A atual direção do sindicato apóia a prefeitura do PT e do PCdoB, comandada por Godofredo Pinto, e vem entregando os direitos dos trabalhadores numa explícita política de parceria com os donos dos estaleiros.

A boa relação da atual diretoria com a patronal e com os governos destoa das péssimas condições de trabalho e do arrocho salarial enfrentado pelos metalúrgicos. Sequer o FGTS dos trabalhadores do Estaleiro Mauá está sendo depositado e, em várias empresas, muitos profissionais chegam a receber somente um salário mínimo.
A Oposição Metalúrgica firmou um compromisso com a categoria de trazer o histórico Sindicato dos Metalúrgicos de Niterói e Itaboraí de volta para o caminho das lutas e das conquistas para os trabalhadores.

Somente com mobilizações e greves será possível arrancar dos patrões e dos governos o compromisso da permanência no emprego, através da continuidade das obras, e a garantia de um salário digno, com a volta do piso de oito salários mínimos, e de direitos, tais como as promoções através do plano de carreira, o depósito integral do FGTS, o pagamento de 100% das horas extras, entre outras lutas.
Outro compromisso da Oposição Metalúrgica é com a luta contra a reforma da Previdência do governo Lula, que visa aumentar para 67 anos a idade mínima para se aposentar, entre outros ataques à nossa classe. Já está sendo organizada uma lista de companheiros e companheiras que participarão da grande marcha organizada pela Conlutas e por outras entidades, em Brasília, no próximo dia 24 de outubro.

Post author
Publication Date