Chile: “Bush terrorista“

Na sexta, 19, o Chile se levantou contra a visita de George W. Bush ao país. Os protestos contra o senhor da guerra começaram no dia 17, quando estudantes ocuparam as ruas de Santiago e foram reprimidos pelos policiais carabineros. Mas, no dia 19, cerca de 70 mil manifestantes voltaram às ruas levando cartazes que diziam: “Bush, você fede“ e “Bush terrorista“. Os manifestantes cantavam “Bush, escute: o Chile não está à venda“. O protesto também era contra a reunião da APEC, sigla em inglês para Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico, que reúne governantes de 21 países, motivo da visita de Bush.

Post author
Publication Date