Centrais sindicais participarão de reforma Universitária

O ministro da Educação, Tarso Genro, assinou nesta segunda-feira, dia 18, um protocolo de cooperação que autoriza a participação das centrais sindicais na redação final do projeto de reforma Universitária. Segundo a Agência CUT, assinaram o protocolo Luiz Marinho, presidente nacional da CUT, além dos presidentes da Força Sindical, CGT, SDS, CAT e CGTB.

Como se não bastasse não encaminhar a luta contra as reformas do governo Lula, a própria CUT protagoniza os ataques contra os trabalhadores e a educação pública. Segundo Marinho, “o governo merece parabéns por esta iniciativa”. A reforma Universitária, elaborada seguindo determinações do FMI e Banco Mundial, prevê, entre outras medidas privatizantes, o financiamento privado das universidades públicas.