Belém (PA)

Em 3 de julho, o PSTU comemorou seus 15 anos em Belém com um grande ato-festa. Cerca de 300 pessoas marcaram presença no evento que contou com a participação de mais de 100 operárias e operários da construção civil. Para Cléber Rabelo, da direção nacional do partido e membro do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, “estamos comemorando o aniversário de uma corrente que há 35 anos se manteve fiel à bandeira do socialismo e hoje segue no PSTU”.

Saudaram o partido representantes do PSOL e do MST. Foram lembrados, também, companheiros antigos, ex-militantes e várias pessoas que saíram de Belém para militar em outras regionais. Socorro Aguiar leu a carta de saudação de Conceição Menezes, histórica militante de nossa organização em Belém e hoje em São Paulo, “dos 35 anos de nossa corrente, existimos há 28 em Belém, quando um grupo de jovens secundaristas ousou construir uma organização que fosse além das lutas imediatas”.
Também marcou a festa a homenagem de um trabalhador da construção civil chamado Madruga, recitando um poema, e também os parabéns ao ritmo da Internacional. O espaço foi decorado com temas que lembram o partido: fotos das lutas, mural de poesias, mural de jornais antigos e banca com livros revolucionários.

Post author Ana Augusta, de Belém (PA)
Publication Date