Atos e debates no FSM

  • Auditoria da dívida externa é debatida no FSM

    Representantes de entidades se reuniram no dia 27 para discutir a Auditoria Cidadã da Dívida Externa. De acordo com a coordenadora da Auditoria, Maria Lucia Fattorelli, a origem da dívida está na década de 1970, quando governos autoritários assinaram contratos que permitiam o aumento dos juros: de 5% ao ano para mais de 20%. A coordenadora ressalta que, de 1979 a 2003, o Brasil enviou ao exterior US$ 170 bilhões a mais do que recebeu de empréstimos. Mesmo assim, a dívida se multiplicou por cinco.

  • Passeata em defesa da Palestina reúne 1.500 no Fórum

    No final da tarde do dia 28, uma marcha contra a ocupação na Palestina denunciou os abusos de Sharon e do imperialismo.

    O ato reuniu 1.500 pessoas que entoavam sem parar palavras-de-ordem como: “Bush, Sharon, terroristas assassinos! Viva a luta do povo palestino!”.

    No final, os ativistas destruíram uma réplica do “Muro da Vergonha”, símbolo da opressão nazi-sionista de Israel.

  • Assembléia da Campanha Contra a Alca aprova calendário

    A Assembléia Continental contra a Alca, ocorrida no dia 28, contou com a participação de 300 pessoas, de diversos países.

    Cyro Garcia, que falou pelo PSTU, afirmou que a luta dos povos foi importante para barrar o projeto em 2004, mas destacou que isso não significa que a Alca está derrotada. “Para isso é preciso derrotar a política econômica dos governos, inclusive, do governo Lula”, disse.

    Após aprovar um calendário de mobilizações para 2006, os participantes saíram em passeata para mostrar que a Campanha contra a Alca continua.

    Post author
    Publication Date