Ato em Pirapora (MG) se solidariza com Dom Cappio

Detalhe do cartaz de convocação para o ato
Divulgação

Nesta sexta-feira, 7, acontece em Pirapora (MG) o Ato Público em Solidariedade ao frei Luiz Cappio e pela suspensão defintiva da transposição do rio São Francisco. A partir das 8h, os participantes devem se reunir na Praça da Matriz. A atividade é convocada pelo Comitê de Luta em Defesa do Rio São Francisco, composto por Conlutas, PSTU, Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST), Central de Movimentos Populares, Graal, sindicatos de metalúrgicos de Pirapora e Várzea da Palma, estudantes da Unimontes, estudantes secundaristas e Colônia Z-20 de Ibiaí.

Na quarta-feira, 5, mais de mil pessoas bloquearam a ponte do rio São Francisco no município Ibotirama (BA), BR 242, acesso a Brasília. No final da tarde da terça-feira, 4, uma caminhada na cidade de sobradinho (BA), onde Dom Cappio se encontra, reuniu mais de quatro mil pessoas, segundo informou a assessoria de comunicação da campanha contra a transposição do rio São Francisco. A passeata saiu da capela de São Francisco, em Sobradinho, e foi até as margens do rio.

O frei Dom Luiz Cappio completa nesta quinta-feira dez dias de greve de fome contra a transposição do rio São Francisco. Em 2005, ele já havia feito jejum de 11 dias, que acabou após um acordo com o governo que suspendeu a transposição temporariamente. Com a retomada das obras, Dom Cappio também retomou seu protesto.

LEIA TAMBÉM: