Apeoesp: entre o sindicato orgânico e a ruptura com a CUT

Articulação é derrotada ao tentar impor Sindicato Orgânico na Apeoesp, mas consegue evitar discussão na base sobre a ruptura com a CUTRealizou-se de 17 a 20 de novembro, em Serra Negra (SP), o XX Congresso da Apeoesp, Sindicato Estadual, com 2.783 delegados.
Ainda na abertura, a Articulação Sindical apontou o futuro da entidade, caso esta permaneça filiada à CUT: quis introduzir na tese-guia a definição da Apeoesp como sindicato orgânico, impondo a convenção cutista e o fim da proporcionalidade para composição da diretoria. Diante da luta de mais da metade do plenário, a Articulação foi obrigada a retirar suas “emendas” ao Estatuto.

A Oposição Alternativa, formada por militantes do PSTU, P-SOL e outras correntes sindicais de esquerda, encabeçou um manifesto assinado por mais seis teses contra a nova tentativa golpista, que foi devidamente enterrada na plenária final. Quando a Articulação exigiu contagem de uma emenda que propunha a descentralização das verbas da entidade para as sub-sedes: a proposta foi aprovada com uma diferença de 259 votos (1.404 a 1.145).

Infelizmente, a Articulação conseguiu aprovar a maioria das propostas em defesa do governo Lula e utilizou o golpe do Estatuto para empantanar o debate sobre o processo de ruptura dos sindicatos com a CUT. Por isso, não foi aprovada uma emenda que propunha organizar a discussão na base sobre a manutenção da filiação à central.

Mas a Oposição Alternativa, que já aderiu à Conlutas e definirá em breve sua posição sobre a desfiliação da CUT, vai fazer esse debate na base durante as eleições para a diretoria, que ocorrerão em junho de 2005. Nestas eleições, a Apeoesp será colocada numa encruzilhada: ou os professores estaduais impõem a ruptura com a CUT e a adesão à Conlutas ou a Articulação transformará a Apeoesp num Sindicato Orgânico.

A derrota da Articulação no XX Congresso da Apeoesp significou uma grande vitória de toda a oposição, o que fortalece a luta por uma nova direção para o sindicato e pela construção de uma alternativa à CUT.

ENTENDA O GOLPE DO SINDICATO ORGÂNICO

As modificações aos Estatutos da Apeoesp, se aprovadas, significariam a antecipação da Reforma Sindical e devem servir de alerta. Veja os principais pontos.

Emenda nº 1:

“d) acatamento das deliberações emanadas pela CUT, ‘ad referendum’ das instâncias internas, quando solicitada esta necessidade”.

Emenda nº 2:

“j) participar da convenção coordenada pela CUT, para a montagem da chapa para a eleição da diretoria da Apeoesp – Sindicato Estadual, desde que avalizado por uma das teses ali apresentadas”.

Já na primeira emenda, a Apeoesp passaria a acatar automaticamente as decisões da cúpula da CUT sem ter de consultar a base da categoria. A segunda imporia uma convenção cutista para formação de uma das chapas para diretoria.
Post author Edgar Fernandes e Geraldinho, da Oposição Alternativa e da Executiva
Publication Date