1º de Maio: veja os atos que acontecem pelo país

Nesta quinta-feira, em vários cantos do Brasil, estarão acontecendo atos classistas em comemoração ao Dia Internacional do Trabalhador. Serão eventos convocados por entidades e organizações de luta – como a Conlutas, a Intersindical, as pastorais, o PSTU, o PSOL e o PCB – que não se renderam ao governismo, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Essas atividades vão se contrapor aos atos milionários da CUT e da Força Sindical que, ao invés de se colocarem contra os ataques do governo Lula e lutarem para conquistar melhores condições de trabalho e de vida para a classe trabalhadora, optaram por fazer grandes festas de 1º de Maio para defender esse governo e ser cúmplices de retiradas de direitos e precarização.

Os trabalhadores e a juventude, nesse dia, devem sair às ruas por aumento de salários, redução da jornada sem redução de direitos, contra as reformas, pela extinção do fator previdenciário, por reforma agrária e contra a transposição do São Francisco, contra os ataques às universidades e pela retirada das tropas brasileiras do Haiti.

Veja, abaixo, os atos que estarão acontecendo e participe do mais próximo de você.

São Paulo (SP)
Ato às 10h30
Praça da Sé

São José dos Campos (SP)
Ato às 9h
Praça Pedro Pinto da Cunha, Jardim Paulista

Rio de Janeiro (RJ)
Ato às 14h
Cinelândia

Fortaleza (CE)
Passeata na Praça do Liceu
Ato no Carlito Pamplona

Porto Alegre
Às 9h
Ato no largo Glênio Peres

Florianópolis (SC)
Dia 30/4, a partir da 16h
Panfletagem e agitação no terminal de ônibus (TCEN)

Teresina (PI)
Dia 30/4, às 16h
Ato na Praça Pedro II

Ribeirão Preto (SP)
Às 16h
Ato no ssentamento da Fazenda da Barra em Ribeirão Preto

Às 17h
Inauguração do Centro de Distribuição e Comercialização Comunitário

Ipiaú (BA)
Panfletagem junto aos trabalhadores da mineração