Plenária nacional dos transportes reafirma calendário de luta contra as reformas e indicativo de Greve Geral dia 30

1100

Categorias de trabalhadores dos transportes de todo o país se reuniram nesse dia 19 de junho em São Paulo e aprovaram, por unanimidade, a manutenção do calendário de lutas com indicação de Greve Geral no dia 30. A decisão será levada para a reunião das centrais sindicais no próximo dia 21, quarta-feira.

Além do setor de transportes, estiveram representações de várias centrais. “Os sindicatos de metroviários de todo o país prometeram fazer a paralisação no dia 30, inclusive reafirmando o chamado às centrais a manterem a Greve Geral nesse dia“, relata Luiz Carlos Prates, o Mancha, que representou a CSP-Conlutas na plenária.

As outras diversas categorias presentes disseram que irão consultar suas bases e fazer as suas assembleias para reafirmar sua participação nesse dia“, conta. Sindicatos como os dos Ferroviários Central do Brasil, que representam as linhas 11 e 12 da CPTM, afirmaram que a categoria está mobilizada e que só dependem de uma decisão das centrais no próximo dia 21 para garantirem a greve no dia 30.

A plenária expressa a disposição de luta das categorias dos transportes, essenciais para a realização da Greve Geral como expresso no dia 28 de abril, que teve um forte protagonismo do setor. E reforça ainda mais a responsabilidade das direções das centrais sindicais de, no próximo dia 21, reafirmarem a Greve Geral do dia 30 de junho.

LEIA MAIS
Centrais precisam manter e garantir a Greve Geral!