Seminário por um novo partido reúne independentes e militantes petistas em Santa Catarina

O Movimento de Iniciativa Socialista (MIS) realizou no sábado, 13 de dezembro, em Florianópolis (SC), o seminário ‘Os desafios da esquerda e o governo Lula’ que reuniu cerca de 40 ativistas, entre eles militantes do PSTU, do PT e independentes do movimento estudantil e sindical da capital catarinense.

Estiveram também presentes o grupo da juventude petista conhecido como Graúna e o integrante da corrente petista Força Socialista Fernando Pontes. Durante o debate foi reafirmada a necessidade de construir um novo partido socialista que seja um efetivo instrumento de luta da classe trabalhadora. A expulsão dos deputados radicais do PT também foi alvo de importantes discussões no seminário. No evento foi aprovada por unanimidade uma moção denunciando a expulsão dos deputados ‘radicais’ e um chamado para que eles se incorporem ao movimento nacional pela construção por um novo partido de esquerda no Brasil.

O seminário também marcou a realização, para a primeira semana de fevereiro, de uma reunião ampliada da coordenação do MIS. O encontro ainda aprovou a participação do MIS nas campanhas contra a ‘Alca Ligth’ de Lula e Bush, e no seminário sindical contra as reformas trabalhistas e sindical, que será realizado em março de 2004, em Brasília.