A professora Rejane de Oliveira, ex-presidente do CPERS-Sindicato, filiou-se ao PSTU, na manhã de hoje (02/04). O anúncio da filiação ocorreu na sede do Diretório Municipal do partido em Porto Alegre. Leia aqui a Carta Pública de anuncio de sua filiação.

Rejane, que também é membro da Secretaria Executiva Nacional da CSP-Conlutas, apresentou suas razões por tomar essa importante decisão e também ingressar organicamente nas fileiras militantes do PSTU:

“Com toda a reflexão desta conjuntura em que vivemos, coloca pra nós um questionamento do que é que vamos fazer para ajudar, para contribuir na construção de organizações. Porque nós precisamos, nunca foi tão necessário a gente ter uma organização socialista e revolucionária para enfrentar tudo isso. Então essa conjuntura toda me levou a pensar na minha responsabilidade com isso. E essa responsabilidade não é minha, individual, ela é coletiva e onde eu vou encontrar coletivamente isso? É no PSTU. E é por isso que eu tomei esta decisão.”

A presidente estadual do PSTU, Vera Rosane de Oliveira, destacou: “É com muita satisfação que recebemos a companheira Rejane de Oliveira para compor as fileiras militantes do nosso partido. Como Presidente do Diretório Estadual quero formalizar a filiação desta companheira das lutas da classe trabalhadora, dos movimentos sociais. A nossa companheira na construção do Polo Socialista Revolucionário, da CSP-Conlutas e de todas as lutas da nossa classe.”

Perfil

Rejane de Oliveira é professora aposentada da rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul. Foi primeira presidente negra do CPERS-Sindicato por duas gestões (2008 – 2011 e 2011- 2014), um dos maiores sindicatos do país. Rejane destacou-se por manter o sindicato autônomo e independente a partidos e governos, realizando fortes greves contra os governos do PT, partido a qual foi filiada desde a década de 1990 a 2015. Os enfrentamentos aos governos petistas foram os motivos que levaram à sua destituição da direção do PT.

Depois de sua saída do PT, Rejane de Oliveira e outros ativistas organizaram o grupo Movimento de Luta Socialista (MLS).

Rejane de Oliveira é membro da Executiva Estadual e Nacional da Central Sindical e Popular (CSP)-CONLUTAS.