A marcha da Periferia em São José do Rio Preto

O dia 18 foi um dia de muita luta no Brasil inteiro, pois foi o dia em que as periferias do país saíram às ruas para denunciar o genocídio da população negra das periferias que sofrem com as mazelas do capitalismo há mais de 500 anos. Em Rio Preto (SP), foram os moradores da Vila Itália os protagonistas dessa marcha, que percorreu algumas das principais avenidas da cidade.

A Marcha também contou com o apoio da CSP-Conlutas, do PSTU e com a ilustre participação do Maracatu Pedra de Raio, que organizou um cortejo pelas ruas da comunidade com loas que rememoravam a luta dos homens e mulheres escravizadas e a importância das religiões de matriz africana na formação da identidade brasileira.

No final, os moradores organizaram um almoço comunitário para todos que participaram da marcha.

Foi a marcha mais bonita que fizemos. Agora, estamos mais fortes para enfrentar esses governos que nos atacam todos os dias com uma nova medida a favor dos empresários”, ressaltou Valdete, uma das moradoras e coordenadoras da comunidade.