Livro com documentos de fundação da Quarta Internacional é lançado no congresso

Editora Sundermann publica ainda outros dois títulosA editora José Luis e Rosa Sundermann publica no congresso da Conlutas um livro com os documentos do congresso da fundação da IV Internacional, em 1938. O congresso ocorreu nos arredores de Paris, em meio a perseguição dos agentes stalinistas. Mesmo com um único dia de debates, foi um fato histórico considerado por Leon Trotsky como o mais importante de sua vida, mais importante até mesmo que o seu papel como dirigente da revolução russa de 1917.

O congresso reuniu grupos de diversos países, como Estados Unidos, França, Bélgica, Alemanha e o Brasil, representado por Mario Pedrosa. Entre os documentos reunidos no livro, está o Programa de Transição, escrito por Trotsky e aprovado no congresso como o programa da Quarta Internacional. O livro traz também algumas saudações do congresso. Uma aos mártires vivos e mortos, principalmente os assassinados pela ditadura stalinista, e outra aos lutadores da Guerra Civil Espanhola. Há ainda uma saudação especial a Leon Trotsky. O revolucionário russo não pôde ir ao congresso, devido ao enorme perigo de ser assassinado. Dois anos depois, seria assassinado por um agente stalinista, em sua casa, no México.

Entre os documentos de fundação da IV Internacional, estão ainda um manifesto contra a segunda guerra mundial, uma guerra imperialista, uma resolução sobre a juventude e as teses sobre o papel mundial do imperialismo norte-americano.

Além deste livro, que integra as iniciativas para marcar os 70 anos da Quarta Internacional, a editora Sundermann também publica neste congresso dois outros livros. “Trangressões” é uma coletânea de artigos sobre as ocupações estudantis de 2007, como a da USP. Organizada por Álvaro Bianchi, professor da Unicamp, reúne ainda textos de outros intelectuais, como Ruy Braga. O outro livro, de Paulo Aguena, aborda a visão marxista sobre os sindicatos, desde a luta no desenvolvimento do capitalismo, com Marx e Engels, passando pelo início da fase imperialista, combatido por Lênin e a III Internacional, até as elaborações de Trotsky e da IV Internacional sobre o papel dos sindicatos, a necessidade da participação neles, com uma política revolucionária, mantendo a estratégia socialista.

Todos os livros estão no estande da editora no congresso e também podem ser encomendados através do site www.editorasundermann.com.br