Delegados dos Correios chegam ao I Congresso da Conlutas

A delegação dos trabalhadores dos Correios chegou na tarde deste sábado, dia 5, ao I Congresso da Conlutas. A greve nacional da categoria impediu os ativistas de estar no evento desde o seu início.

Fábio Caetano dos Santos é diretor do sindicato dos trabalhadores dos correios no Vale do Paraíba. Ele conta que na região mais de 70% da categoria já aderiu à greve. “A mobilização está muito forte. Já existem mais de 280 milhões de itens parados nas agências”, afirmou.

A Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) conseguiu uma liminar obrigando 50% dos trabalhadores a retornarem aos trabalhos. De acordo com Fábio, a categoria está tentando derrubar essa ação: “Caso não derrubemos a liminar, pretendemos manter a greve”.

O diretor ainda ressaltou a importância do I Congresso apoiar a greve. “O Congresso está refletindo a disposição de luta de muitos ativistas, queremos esse apoio na nossa greve. Acho fundamental a posição das delegações internacionais que já declararam seu apoio”, concluiu.

A greve dos trabalhadores dos correios acontece, pois a ECT, pela segunda vez, descumpriu um acordo que fez com a categoria. No acordo está previsto, entre outras coisas, o pagamento de 30% de adicional de risco, que deveria ter sido incorporado aos salários dos carteiros e atendentes desde março.