Calendário de mobilização

  • 10 de julho
    Audiência pública na Câmara dos Deputados, às 9h30, com a participação da CNESF;

  • 13 a 18 de julho
    Atos públicos nos estados pela construção da greve;

  • 14 de julho
    Manifestação nas Assembléias Legislativas do Rio de Janeiro e de São Paulo, onde vão ocorrer audiências públicas da Comissão Especial da reforma;

  • 23 de julho
    Visita ao Congresso para pressionar os parlamentares;

  • 24 de julho
    Encontro Nacional dos Servidores Públicos das três esferas, em Brasília;

  • 11 a 15 de agosto
    Acampamento, com Marcha Nacional a Brasília*.

    * A data da marcha pode ser alterada para até 20 de agosto, a depender da tramitação da reforma no Congresso

    Post author
    Publication Date