Valério e Delúbio chantageam governo e ameaçam contar tudo

Mesmo com as tentativas de acordão entre governo e oposição, a crise está longe de terminar. O jornal Folha de S. Paulo divulgou neste dia 28 que Marcos Valério e Delúbio Soares estão chantageando o governo e o PT. Segundo o jornal, a chantagem está sendo feita através de recados, que pedem dinheiro em troca da não revelação de fatos novos que agravariam a crise política.

Valério reivindica que pelo menos uma parte dos empréstimos feitos ao PT através de Delúbio seja paga. O publicitário diz que emprestou R$ 55 milhões ao PT e quer uma parte do dinheiro, pois alega que sua carreira está arruinada, assim como seu casamento. Isso significaria não só que ele precisa de dinheiro, mas também que não teria mais nada a perder.

Delúbio, por sua vez, exige que seu advogado e o de Silvio Pereira sejam pagos pelo PT, em troca de não revelar novos fatos. Essa exigência já vem sendo cumprida pelo PT, mas, além disso, Delúbio pede dinheiro para sobreviver e pagar suas contas, alegando que não é rico. Esses recados com exigências e chantagens vêm sendo passados ao PT e ao governo através de José Genoino.

Aparentemente, o governo e o PT estão cumprindo as exigências que Delúbio e Valério fazem para não revelar novas informações, pois os depoimentos e acareações ocorridos nesta semana não avançaram as investigações. Entretanto, as chantagens confirmam que todas as denúncias reveladas nos últimos meses são apenas a ponta de um iceberg e que há muita sujeira ainda não revelada. E ainda há uma grande pressão de todas as partes para que tudo acabe em pizza e essa sujeira encoberta não venha à tona.