São José dos Campos: é dada largada para a eleição do sindicato dos metalúrgicos

Ocorreu no dia 3 de novembro o primeiro passo para as eleições da diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de José dos Campos e região. Uma representativa assembléia elegeu a comissão eleitoral que vai dirigir o processo. Pelo estatuto da entidade, as eleições devem ocorrer entre os dias 22 de fevereiro e 22 de março.

Longe de ser uma medida burocrática, a eleição da comissão eleitoral é importantíssima, pois será ela quem ficará responsável por garantir a democracia nas eleições. Por isso, a Conlutas lançou uma chapa, a fim de seguir a tradição da entidade e garantir que, ao contrário do que ocorre hoje na CUT, continue sendo respeitada a democracia operária.

A CUT e Força Sindical também lançaram chapas, mas uniram forças a fim de derrotar a Conlutas. A chapa da Coordenação Nacional de Lutas, no entanto, saiu vitoriosa com uma larga margem. Foram 433 votos contra apenas 66. A união entre CUT e Força Sindical é inédita na região, já que as duas centrais são adversárias na disputa do aparato sindical, e mostra o que pode ser uma tendência para a formação das chapas.

Manter um sindicato de luta
Percebendo o peso que o sindicato tem na construção da Conlutas, a CUT já mobilizou seu forte aparato eleitoral para a cidade. Não faltarão recursos e cabos eleitorais para colocar a entidade na sombra do governo Lula.

A ampla vitória da chapa da Conlutas na assembléia mostra, porém, o reconhecimento da base da categoria. O avanço da crise econômica e a onda de demissões colocam, mais do que nunca, a necessidade de um sindicato forte, combativo e próximo à base da categoria.

Post author
Publication Date