O abraço ao Congresso

“Já votou. Pra ninguém ver. É uma vergonha esse governo do PT”

`ManifestantesDepois de vários atos no decorrer da passeata, os servidores e o comando realizaram um “ato surpresa”: tomaram as rampas e a cúpula do Congresso, num abraço e num gesto simbólico para mostrar a João Paulo e os deputados que eles não deviam ter impedido a entrada dos Servidores no dia anterior e menos ainda votar a PEC às escondidas dos servidores.Queriam mostrar que a luta dos Servidores tem força para cercar o Congresso.

Ao mesmo tempo, o abraço ao Congresso foi também mais do que uma resposta ao deputado João Paulo, que antecipou a votação e impediu a entrada dos servidores nas galerias. A massa humana que abraçou a cúpula do Congresso, mostrou que com a ação direta dos trabalhadores “tudo é possível”.

Post author
Publication Date