Militante do PSTU que esteve na Bolívia faz palestra em São Paulo

No próximo sábado, 1º de novembro, o PSTU de São Paulo (SP) fará uma palestra sobre a situação atual da Bolívia. A atividade, que recebe o nome de “As mãos do imperialismo sobre a América Latina – A resposta do povo nas ruas. O que fazer?” acontece na sede do partido, a partir das 16h.

O palestrante, José Erinaldo Junior, é militante do PSTU. Ele acaba de voltar da Bolívia, onde presenciou manifestações do povo boliviano contra a ultradireita. O país vive um momento de fortes turbulências sociais.

Bandos armados da ultradireita – Comitês Cívicos da Meia Lua (Santa Cruz, Tarija, Beni e Pando) e União da Juventude Crucenista (UJC) – vêm promovendo ações violentas contra os trabalhadores daquele país. O objetivo principal desses grupos é garantir a manutenção do poder na região da Meia Lua pela força. Com estas ações, queriam forçar o governo de Evo Morales a suspender o referendo sobre o projeto de nova Constituição aprovado pela Assembléia Constituinte.

Por outro lado, o governo busca acordos com a oligarquia da Meia Lua. Esta postura não só é ineficiente. Com isso, o governo de Evo permite que os trabalhadores, ao invés de resistirem às ações violentas e contra-atacarem, sejam cada vez mais violentados e vitimados pela burguesia fascista da região.

Apesar disso, a população promove ações de protesto, enfrentamento e resistência à ultradireita. Junior falará sobre a experiência que viveu ao lado dos trabalhadores, participando de ações junto com o Lucha Socialista, grupo da LIT-QI no país.

A sede do PSTU fica na rua Florêncio de Abreu, 248, centro de São Paulo, próximo ao metrô São Bento. Para maiores informações, entre em contato com o PSTU-São Paulo pelo telefone (11) 3313 5604.

Após a palestra, haverá uma confraternização no local. A atividade é aberta a todos os interessados e a entrada é franca.

VEJA O VÍDEO DO ATO EM SÃO PAULO, CONTRA OS ATAQUES DA ULTRADIREITA