Chapa da Conlute vence as eleições na Universidade Rural do Rio de Janeiro

A Chapa 1 – Tá na hora de mudar – Oposição, composta por estudantes independentes e militantes do PSTU venceu as eleições do Diretório Central de Estudantes da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (DCE-Rural), ocorrida nos dias 5, 6 e 7 de abril.

A vitória sobre a outra chapa, (Chapa 2), composta por militantes da corrente petista Articulação de Esquerda, que dirigiam há anos o DCE, foi para muitos um surpreendente resultado de alguns meses de militância dos estudantes da universidade ligados à Coordenação de Luta dos Estudantes (Conlute).

No final de 2004, cerca de cinco estudantes resolveram realizar na universidade o plebiscito nacional contra a reforma Universitária, convocado pela Conlute. O plebiscito foi um sucesso, com os votos de mais de 1.100 estudantes, de um universo de pouco mais de 6.000. A partir daí, mais e mais estudantes foram se somando ao movimento que culminou na formação da CHAPA 1 e na vitória da última semana, passando pela caravana a Brasília no dia 25/11 do ano passado, e pelo ato contra a reforma, realizado pela chapa, no dia 28 de março, no bandejão da universidade.

Este incrível resultado demonstra o completo desgaste da UNE e o enorme espaço para a construção da Conlute e das mobilizações contra a reforma Universitária de Lula e do FMI. É mais um importante DCE que vai estar à frente da construção CONLUTE e da luta contra a reforma universitária.

Veja o resultado:

Chapa 1 – Tá na hora de mudar – OPOSIÇÃO 715 votos.
(PSTU e independentes)

Chapa 2 – Saudações a quem tem coragem. 706 votos.
(Articulação de Esquerda – PT)