Campanha rejeita Alca Light, exige Plebiscito oficial e retoma mobilização

No dia 8 de fevereiro, aconteceu em São Paulo a reunião da Coordenação Nacional da Campanha contra a Alca, que se posicionou claramente contra qualquer Alca, seja light, abrangente, a la Carte, Plus.

A Coordenação considerou 2004 um ano decisivo para a implantação da Alca e fará uma campanha de esclarecimento contra a proposta do governo Lula de Alca light, denunciando as negociações e exigindo o Plebiscito Oficial em outubro.
Nesse sentido, será necessário retomar e intensificar a campanha. Acompanhando o calendário de mobilização decidido pela Campanha Continental no Encontro que ocorreu em Havana, Cuba, em janeiro, a campanha brasileira terá algumas datas chaves.

Além de levar a campanha contra a Alca como parte das lutas por salário, emprego e contra as reformas Universitária e Sindical, terá grande importância a manifestação durante a reunião ministerial que ocorrerá no Brasil, quando temos o desafio de buscar construir um “Seattle” brasileiro.

CALENDÁRIO

  • Março
    20 – Grande manifestação mundial contra a guerra, pela retirada imediata das tropas americanas do Iraque

  • Abril
    14 e 15 – 13ª Plenária Social Nacional
    24 e 25 – Dia de luta contra a dívida externa

  • Maio
    1º – Dia de Luta por Trabalho e contra a Alca, que aprofunda o desemprego

  • Junho
    25 a 27 – Fórum Social da Tríplice Fronteira – Porto Iguaçu

  • Julho
    Grandes manifestações contra a Alca durante a Reunião Ministerial de negociação – Brasil (data a ser definida)

  • Setembro
    1º a 7 – Semana da Pátria e Grito dos
    Excluídos – Mobilizações pró-Plebiscito Oficial

  • Outubro
    3 – Plebiscito Oficial sobre a Alca
    12 – Grito dos Excluídos Continental – Manifestações contra a Alca

    Post author
    Publication Date