Atos lançam candidaturas de Zé Maria e do PSTU pelo país

Ato no Rio lota Auditório dos Bancários
Zequinha,
do Rio de Janeiro

No dia 8 de maio foi lançada a pré-candidatura do companheiro Cyro Garcia ao governo do Estado do Rio de Janeiro em concorrido ato que lotou com cerca de 350 pessoas o auditório do Sindicato dos Bancários do Rio.
O PSTU/RJ apresentou também as pré-candidaturas de Florinda Lombardi, ex–vereadora do PT/RJ, ao Senado Federal; de Agnaldo Fernandes, dirigente da Fasubra, à Câmara dos Deputados e de Lúcia Pádua, diretora do Sindsprev à Assembléia Legislativa.
O ato foi aberto por Zé Maria, pré-candidato do PSTU à presidência da República e foi marcado por uma forte denúncia da Alca, bem como da política do PT à frente do governo estadual, em especial, no trato com a greve dos profissionais da Educação.
Varias organizações como o MST, Movimento Negro Unificado, PCB, Reage PT, MLS, CBS e Juventude da DS enviaram representantes que saudaram o ato e destacaram a importância das candidaturas e da apresentação pelo PSTU de um programa de ruptura com o imperialismo que aponta uma clara opção de esquerda nas próximas eleições.

Pernambuco lança candidata a governadora
David,
de Recife

Cerca de 200 companheiros compareceram ao ato de lançamento da candidatura da professora Ana Lins ao governo de Pernambuco pelo PSTU, realizado no dia 17 de maio.
Além dos trabalhadores em educação da rede estadual e municipais de Recife e Olinda, compareceram metalúrgicos, servidores e professores das universidades federais, servidores do judiciário estadual, ferroviários, previdenciários, companheiros do movimento popular e da juventude universitária e secundarista, além de outras categorias.
Várias entidades enviaram representantes e fizeram saudações às candidaturas de Zé Maria e de Ana Lins a exemplo do PCR, MNU, MUST, MST, Sindicatos dos Trabalhadores em Educação, Sindicato dos Professores do Recife e PSTU-PB, entre outras organizações. Mas o maior destaque foi a presença feminina no ato, de todas as categorias.
Ana Lins fez uma avaliação negativa das gestões do PT/PCdoB em Recife e Olinda cuja marca maior é a parceria com o grande aliado de FHC em Pernambuco, o governador Jarbas Vasconcelos. Após as contribuições do plenário, Ana Lins encerrou o ato convidando os sindicatos, o movimento dos sem teto e demais organizações e militantes socialistas a construírem o programa e a campanha junto ao PSTU.

No Ceará, Raimundão governador
Neri,
de Fortaleza

Dia 14 de maio, os jornais de Fortaleza noticiavam o ato que confirmaria as candidaturas do PSTU, Raimundão e Zé Maria. Mais de 120 ativistas entre operários e estudantes participaram da atividade.
Raimundão discursou e foi por alguns instantes interrompido quando os ativistas gritaram “Contra a Alca e a burguesia tem Raimundão e Zé Maria“.
“Hoje temos o Ceará do Tasso Jereissati e cia e o Ceará dos que passam fome, não têm emprego e não têm aonde morar. Nosso objetivo é debater a necessidade de mudanças radicais. Um programa anticapitalista que nos permita um Ceará para os trabalhadores. Lamentavelmente o PT  e o PCdoB de Inácio Arruda desertaram dessa tarefa e elogiam as alianças com os patrões que Lula vem fazendo“
disse Raimundão.
Zé Maria destacou a necessidade de um programa de ruptura com o FMI e o não pagamento da dívida externa como única forma de evitar que o Brasil vire a Argentina.
O ato teve a cobertura da imprensa e foi contra-capa de um importante jornal local, O Povo. Um momento de emoção foi a execução da Internacional no violino por um apoiador das nossas candidaturas.

Candidato visita o Rio Grande do Norte
Nando,
de Natal

Nos dia 15 e 16 de maio, Zé Maria visitou o Rio Grande do Norte. Iniciou o giro pela cidade de Mossoró onde esteve presente na assembléia dos professores da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte. Saindo de Mossoró, ele esteve em Açu, onde participou de programas de rádio e da TV a cabo da cidade.
Em Natal, Zé Maria participou de uma plenária com o conjunto da militância, onde aprofundou o debate sobre o programa do PSTU.
No dia 16, pela manhã, ele esteve na Universidade Federal onde conversou com professores, funcionários e estudantes.
Na noite do dia 16, na Federação dos Trabalhadores Rurais, houve um debate com ativistas e representantes de entidades do movimento sindical, estudantil e popular.
Na oportunidade, foi apresentada a chapa estadual de candidatos do partido: Sonia Godeiro, para governadora; Fernando, vice; Ana Célia e Trindade, senadores; Valério, deputado federal e como candidato a deputado estadual, Dario Barbosa.

Partido lança candidatura na Paraíba
Alex,
de João Pessoa

No último dia 26 de abril o PSTU/PB lançou oficialmente a candidatura da companheira Tânia Brito para disputar o governo do Estado da Paraíba.
O ato contou com a presença de mais de cem pessoas que representavam entidades dos movimentos sociais.
A companheira Tânia Brito é advogada, trabalha na Universidade Federal, foi fundadora e dirigente sindical dos previdenciários (sua antiga categoria), atualmente é dirigente estadual do PSTU, assumindo a Secretaria Sindical do partido no Estado.
A sua história de lutas está não apenas voltada para o sindical como também se insere em outras lutas sociais.
Tânia destaca que “o espaço para apresentarmos uma alternativa para os trabalhadores nestas eleições é enorme, tendo em vista o grau de comprometimento dos partidos de esquerda com os governos e oligarquias locais, a exemplo de Campina Grande. Nossa luta será por uma verdadeira candidatura que represente a esquerda na Paraíba“, disse Tânia.
Post author
Publication Date

SHARE
Artigo anteriorPelo Brasil
Próximo artigoMercadores de ilusões