Zé Maria, candidato do PSTU, ataca Collor e Lessa

Maceió – O candidato do PSTU à presidência, Zé Maria Almeida, fez campanha hoje em Maceió acompanhado do candidato do partido ao governo do Estado, o advogado Ricardo Barbosa. Pela manhã, eles participaram de panfletagem na porta de duas fábricas e na entrada do campus da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

Zé Maria disse que a luta do partido em Alagoas é, em primeiro lugar, contra o ex-presidente Fernando Collor, candidato ao governo pelo PRTB. “Collor é o representante das oligarquias que destruíram Alagoas. Um homem que deveria estar na cadeia, ao invés de estar concorrendo a um cargo público. Esse homem foi cassado quando foi presidente, porque roubou o dinheiro que deveria ser aplicado em políticas sociais, para se beneficiar“, afirmou o candidato do PSTU.

“Collor é a expressão maior do que representa a política brasileira hoje. “É lamentável que o nosso candidato em Alagoas tenha que enfrentar um político como ele“, disse.

As baterias do candidato do PSTU à presidência também se voltam contra o governador Ronaldo Lessa, candidato à reeleição pelo PSB. “A nossa luta aqui em Alagoas, além de combater o Collor e os usineiros que enriqueceram às custas da miséria do povo alagoano, é também contra Lessa, que foi eleito governador com o apoio dos partidos de esquerda, mas não produziu nenhuma mudança significativa em benefício dos trabalhadores e do povo alagoano como um todo“.

Zé Maria disse ainda que o partido ainda não tem posição firmada sobre um possível apoio ao candidato do PT à presidência, Luiz Inácio Lula da Silva, no segundo turno das eleições deste ano. “Por enquanto, nosso objetivo é firmar posição contra o acordo com o Fundo Monetário Internacional e contra a participação do Brasil na Alca (Área de Livre Comércio das Américas)“, afirmou o candidato.

Ricardo Rodrigues