Unidade garante vitória no DCE da UEM

‘Vou te mostrar como é que é… É pela base que se faz um DCE’, cantavam os ativistasNo dia 23 de novembro, terminaram as eleições para o DCE da Universidade Estadual de Maringá (UEM). E, pela segunda vez consecutiva, a chapa Movimente-se, composta pela ANEL, pela esquerda da UNE e independentes, teve uma vitória contundente, conseguindo 1393 votos, equivalente a 68,5% dos votos válidos. A chapa 2 – UEM nos UNE (UNE/PCdoB) teve 642 votos (31,5% dos válidos).

Nossa chapa foi construída de maneira transparente e horizontal, com reuniões abertas e fruto de um ano de luta. Passamos por um momento de muita mobilização na universidade, ocupando a reitoria, fazendo atos, lutando contra o corte de verbas e a precarização desenfreada que vem sofrendo as universidades do país.

A Chapa MOVIMENTE-SE UEM, derrotou a UJS/UNE nas urnas mostrando que a luta é construída na base, com independência financeira e não atrelada ao governo e a reitoria. Foi a maior chapa na história de nossa universidade com 162 membros e mais de 100 apoiadores.

Nessas eleições, novamente a base mostrou que não aceita o peleguismo da UNE. Querem lutadores em nossas entidades. Que esta eleição sirva de lição contra os métodos sujos e desonestos que a UNE aplica em todo o país. Que nunca mais ousem enganar os estudantes de nossa universidade!

Sabemos que essa vitória é importantíssima para que possamos tirar as conquistas do papel, realizar com força total o plebiscito dos 10% do PIB para educação pública, e fortalecer a luta estudantil em âmbito nacional através da ANEL