Uma trajetória vinculada às lutas juventude e dos trabalhadores

Fernando Leite, 35 anos, casado, pai de um filho, é Presidente Regional do PSTU, professor de literatura e funcionário da Universidade Federal de Goiás, desde1993. Fez o ensino fundamental e médio em escolas públicas. Em 1987, formou-se em eletrotécnica pela Escola Técnica Federal de Goiás. Neste período iniciou sua militância político-estudantil participando ativamente dos movimentos pela democratização do país, contra a ditadura militar.

No 2º semestre de 1987, ingressou por concurso público na Companhia de Eletricidade de Brasília – CEB, da qual foi demitido, sem justa causa, por participação na greve dos eletricitários de Brasília em agosto de 1988.

Em 1989, de volta à Goiânia, filiou-se ao PT e ingressou na Universidade Católica de Goiás, no curso de Letras, onde em 1990 foi Coordenador do Centro Acadêmico de seu curso e Diretor do Diretório Central dos Estudantes –DCE/UCG. Na gestão seguinte, de 1991/1992, foi Presidente desta entidade.Sua atuação sempre foi marcada pela luta contra preços abusivos das mensalidades, pela qualidade do ensino e por uma Universidade pública e gratuita.

Em 1992, participa intensamente da campanha pelo FORA COLLOR e insatisfeito com os rumos que o PT tomava, deste se desfilia. Neste período, morando na Casa de Estudante Universitário – CEU I, transfere se curso para UFG, onde continua participando do Movimento Estudantil. Em 1993, é eleito Diretor do Centro Acadêmico de Letras. Passa a participar do processo de construção do PSTU em Goiás e de sua fundação, ocorrida em junho de 1994.

Em 1996, concorre as eleições municipais como candidato a vereador pelo PSTU. Sua trajetória esta vinculada às lutas juventude e dos trabalhadores, sempre na perspectiva de construir uma sociedade justa, igualitária, verdadeiramente democrática e socialista.