Trabalhadores do ensino privado da Paraíba realizam congresso

Nos dias 15 e 16 de abril, foi realizado o XIII Congresso do SINTEENP/PB (Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimento de Ensino Privado da Paraíba) o congresso teve como ponto central a campanha salarial, já que a data-base da categoria é em maio.

O congresso rejeitou a proposta da patronal, de apenas 2,5% de reajuste e redução de várias cláusulas sociais. A categoria reivindica 17%, a redução no limite de alunos por turma e bandeiras históricas, como o direito a gratuidade do filho na escola em que se trabalha. Ao rejeitar a proposta patronal, o congresso tirou um indicativo de greve para o dia 27 de abril, dia em que também haverá uma assembléia.

CONLUTAS – A tarde do dia 16 foi marcada por um debate sobre conjuntura envolvendo um representante da CUT, seu ex-presidente estadual Wilson Aragão, e um representante da CELUTAS-PB, Antonio “Radical”. Como encaminhamento do debate, foi aprovado que a discussão sobre a desfiliação ou não da CUT deve ser aprofundada na categoria, com debates e matérias nos informativos do sindicato de ambas as posições. Também foi aprovado que o sindicato participará de todas atividades de lutas promovidas pela Conlutas, como a jornada contra as reformas Sindical, Trabalhista e Universitária.