Neste momento, o Estado de Israel recrudesce sua carga genocida contra a população palestina. Os sionistas já feriram mais de 400 pessoas em Jerusalém e mataram 29 palestinos numa escalada de bombardeios em Gaza. A limpeza étnica continua, e o alvo agora é o bairro palestino de Sheikh Jarrah, em que 550 dos 2.800 moradores estão ameaçados de expulsão de suas casas. Os sionistas também estão profanando a Mesquita de Al-Aqsa, o terceiro lugar mais sagrado para os muçulmanos, em pleno mês sagrado do Ramadã.

Os palestinos resistem como podem e unem a sociedade fraturada para impedir que isso aconteça. O chamado é “Salve Sheikh Jarrah”, ao que agora deve se somar “Chega de massacre em Gaza”. Existe a possibilidade de esse processo detonar uma nova Intifada (levante popular).

Leia também

A partir de Jerusalém, passos para uma nova Intifada palestina

No próximo dia 15 de maio completam-se 73 anos da criação do Estado colonial de Israel mediante limpeza étnica planejada em 78% da Palestina histórica – a Nakba (catástrofe para os palestinos) – quando 800 mil palestinos foram expulsos violentamente de suas terras e cerca de 500 aldeias foram destruídas. Em 1967, Israel ocupou os 22% restantes – Gaza, Cisjordânia e Jerusalém Oriental. Hoje são 5 milhões de refugiados em campos nos países árabes, impedidos de retornar para sua terra. Metade da população palestina está fora e a outra metade enfrenta um regime institucionalizado de apartheid e expansão colonial contínua. A Nakba continua.

Chamamos todos os militantes a se somarem a ações em solidariedade e apoio incondicional à resistência palestina e convidarem também contatos. Em São Paulo acontecerá uma carreata no próximo sábado, dia 15 de maio, com concentração às 15h em frente ao Al Janiah (Rua Rui Barbosa, 269, Bela Vista), que seguirá pela Avenida Higienópolis até o Pacaembu. Pedimos que quem tiver leve bandeiras palestinas. Quem não tiver pode portar cartazes em que sempre tenha “73 anos da Nakba” e inclua dizeres como: “Salve Sheikh Jarrah! Chega de massacre em Gaza! Palestina livre, do rio ao mar! Todo apoio à resistência palestina! Boicote ao apartheid de Israel! “.

Confira os atos marcados pelo país

 

Até o socialismo. Até a Palestina livre, do rio ao mar!

Direção Nacional do PSTU